VOCÊ SABIA?

 

     Que para produzir brotos comestíveis de alfafa, feijão mung bean (moyashi), rabanete, brócoli, mostarda, cebola, repolho etc. Você só precisa de SEMENTE + ÁGUA. Não utiliza adubos e muito menos agrotóxicos, resultando num produto limpo, higiênico, 100% orgânico e de alto valor nutritivo. Sua produção e consumo já é consagrado nos EUA, toda Europa, Ásia, etc. e lá já é conhecido como a rainha das proteínas vegetais. O seu processo de produção é muito simples, não requer muita mão- de- obra e pode ser produzido em qualquer região do Brasil, sem a necessidade de chácaras, sítios, rios, poços artesianos, tratores ou qualquer maquinário.

 

É HORA DE PENSAR EM FONTES DE RENDAS ALTERNATIVAS

Inicie seu próprio negócio com pouco investimento e com rápido retorno, pois no cultivo de brotos, sua colheita se faz em apenas 6 dias e estará trabalhando com um produto nobre, orgânico, sem uso de adubos ou agrotóxicos e com garantia de consumo crescente no Brasil. Por causa do seu teor de proteínas, o broto de alfafa já garantiu o seu espaço na lista dos produtos energéticos que compõem a dieta dos atletas.

O broto é indicado também para crianças e jovens em fase de crescimento, pois tem alta concentração de minerais e poderes anticarcinógenos. Contém também uma grande quantidade de substâncias bioflavonóides ( antioxidantes naturais produzidos pela planta como mecanismo de proteção ), que atuam também nas células humanas.

  Os brotos  de alfafa, trevo, rabanete, brocóli, podem ser consumidos in natura, com tempero  a gosto, da mesma forma como é consumida a alface, inclusive é utilizado também para enfeites de vários tipos de pratos. No caso específico do broto de Mung bean ( Moyashi ), aconselha-se antes de fazer qualquer  tipo  de prato, colocar em água fervente por um minuto, escorrer rapida-mente e  passar sob a água fria da torneira. Assim o broto torna-se um branco mais trans- parente, sem perder a textura crocante, tornando um paladar mais agradável. Assim, está pronto para ser usado nas saladas, num refogado de legumes e carnes picadinhas. Se sobrar,poderá ser guardado numa vasilha com água na geladeira.Quando cru, aconselha-se manter no saquinho plástico, na geladeira.

 

Próximo